VÍDEOS





VÍDEOS

Castigo ou Meditação?


10/10/2016

Estar atento ao que se passa consigo mesmo e ao seu redor, isso é meditação mindfulness. Este estado de atenção plena, de vigilância constante mas sem esforço, é um importante ponto de partida para desenvolver a empatia pelo outro, avaliando os impactos dos próprios sentimentos, ideias e ações, e aprender a encontrar o melhor caminho para lidar com situações difíceis. Isso vale para os estudantes, mas também para os educadores e as famílias.

Uma escola de ensino infantil Robert Coleman, em Baltimore, nos Estados Unidos, resolveu substituir o castigo por sessões de meditação. O resultado foi a melhora no acolhimento do outro, consciência do erro, concentração e tranquilidade, na relação entre os estudantes, e a diminuição da taxa de suspensões.

A proposta é fazer a criança pensar, mas não no sentido punitivo, mas como uma reflexão interior. As crianças são motivadas a fechar os olhos, respirar e se conectar consigo mesmas. A proposta é tornar isso um hábito, e que possam também estimular as crianças a levar este hábito para as famílias e amigos.

Pode não ser uma única forma de solução, mas sem dúvida é uma alternativa para buscar soluções em meio ao agitado e conturbado cenário de muitas escolas.



EDUCAÇÃO ESCOLA FAMÍLIA MEDITAÇÃO MINDFULNESS


Queremos ouvir você

Gostaria de levar o MindEduca para sua instituição?
SAIBA MAIS
Quer realizar um
evento na sua cidade?
ENTRE EM CONTATO
Quer falar
com a gente?
AGENDE UMA CALL
Quer saber mais?
ENTRE EM CONTATO